Arquivo da tag: chave

Pequenos milagres que aquecem

{Para ouvir enquanto lê}

Eu ainda estou de boca aberta, olhando para a tela do computador, escutando minha música favorita sem piscar…

“Que droga… Esqueci a chave”, foi a última coisa que pensei antes de entrar no ônibus, atravessar a BR, desmaiar de sono e chegar em casa. Eu estava disposta a sentar na calçada por algumas horas até que alguém chegasse. Iria pegar meu caderno e tentar resolver uma longa e aterrorizante lista de bioestatística e torcer para não ser encontrada morta por um mísero papel cheio de contas sem respostas.

Eu sequer pedi ao Eterno que algo fosse feito. Eu apenas suspirei dentro de mim.

E eu cheguei. Dei boa tarde ao motorista. Desci. Tudo isso sem lembrar do portão nem uma vez. Era um caso praticamente perdido. Passei tudo o que tinha que fazer no dia pela cabeça. Percebi que havia chovido por aqui. Me perguntei porque diabos havia uma palha de aço no meio da calçada. E o portão? O portão não fazia parte das minhas pequenas perguntas internas, que se resumiam ao dilema homem x sono x trabalho para fazer.

Atravessei a rua e dei de cara com meu portão. Antes que eu me sentasse no chão, eu a vi: uma pequena frestinha de luz. Meu coração parou. A primeira opção foi achar que alguém havia entrado na minha casa, depois mandar uma mensagem para minha mãe perguntando se ela havia deixado o portão aberto ( ela me respondeu com um singelo “tá doida, menina?”), até que eu tivesse coragem para empurrar o pedaço de ferro com trava.

Minha casa estava inteira. E aí, bem aí, meus olhos se encheram de água. Porque eu me lembrei de quando era criança e pedi a Ele que abrisse meu portão, que emperrara e nós iríamos nos atrasar. Sem mais nem menos, ele abriu. E eu estava ali, milhões de anos mais velha, com um novo portão aberto.

Eu nem queria me mexer, porque O sentia tão perto que a qualquer momento eu poderia sentir seu cheiro.

– Jesus, você tem cheiro? – Pergunto rindo, quebrando o momento.

Ele não respondeu, mas O percebia ali. Rodeando tudo ao meu redor. E eu só queria que Ele tivesse mãos, pés e tronco para abraçá-Lo pelo resto do dia.

Ele, que conhece todos os segredos das minhas chaves e todos os segredos do meu coração. Só Ele.



Esquema de sempre: você pode me encontrar através do meu email (nataniacarvalho@gmail.com), da página do blog no Facebook, ou do meu Instagram =D
Anúncios