Arquivo mensal: maio 2015

Adoração Profética e Amizades Proféticas (ou: estou pseudo-de-volta)

Este texto é a resposta que estava devendo para a pergunta de uma irmã de célula, Lorrana, a quem eu aprendi a admirar. Obrigada por me ensinar que vulnerabilidade e fortaleza andam, muitas vezes, juntas. Te amo.



{Para ouvir enquanto lê}

Pra mim, profético é tudo que saí de Deus e me alcança. Tudo o que saí de mim, debaixo da vontade Dele e do poder do sangue do seu filho, e alcança um alvo.

Definir profético foi importante na minha vida, pois quebrou a estranheza que isso me causava algumas vezes. Quem tem medo do profético? Eu já tive. E ele estava ligado a ideia que nós temos de alguém colocando o dedo na sua cara e gritando assim-diz-o-senhor de forma pouco lisonjeira. Minha igreja não é familiarizada com esse jeito de ser (eufemismo detected), por isso, sempre que ouvia alguém jogando a carta do assim diz Ele, preferia ter ouvido “você tem sete dias“.

Sim, os profetas no velho testamento sempre eram aqueles que enfrentavam reis, que agiam sem medo de colocar o “dedo na ferida” (de nada pela expressão nojenta), mas me perguntei por algum tempo como é a nossa relação com que o que é profético hoje, quando Deus fala diretamente conosco pelo caminho aberto por Jesus. E se somos encontrados por esse caminho, o quanto do Reino precisamos ter para entender o que ele tem a dizer?

Bem, há alguns muitos meses comecei a cursar a escola de adoração da Bethel, através das aulas online (já falei milhões de vezes sobre o Worship U por aqui, mas não custa dizer de novo: se inscreva e faça, ao menos, o trial!). Foi durante as aulas – adoração espontânea e adoração profética – que um novo momento de entendimento da palavra de Deus se abriu e eu comecei a buscar a glória de uma maneira especial.

Nesse processo, Deus me mostrou duas formas em que o profético pode se manifestar nas nossas vidas diárias e eu quero contar para vocês pela ordem em que eu aprendi.

1) Adoração Profética

Sabe quando você está apenas tomando um banho e começa a cantar e Deus fala com você e a próxima coisa que você vê são os joelhos no chão, shampoo no olho, cadê a toalha, o que é água o que é lágrima? Adorar rompe minha conexão comigo, com meus um milhões de “e agora?!” e me dá um coração eterno. Por aqueles minutos eu entendo como é viver para sempre com o Pai. Portanto, a adoração é um dos meus caminhos mais rápidos para chegar perto de Deus.

Todo mundo foi feito para adorar.

– Ah, mas eu não canto na igreja – você pode dizer.

Migo, quem se importa? Além disso, por mais que eu ame o culto e as paredes físicas da igreja (já falei sobre isso aqui), o seu relacionamento com o Eterno não pode se reduzir a um ou dois encontros semanais. O que você faz em casa com o Senhor é muito importante e a palavra de Deus está cheia de versículos que nos incentivam a louvá-lo.

Louvarei ao SENHOR em todo o tempo; o seu louvor estará continuamente na minha boca.
Salmos 34:1

A Bíblia traz várias palavras hebraicas para o louvor ( já falei resumidamente sobre todas elas aqui), e minha favorita é tehillah (תְּהִלָּה). Os versículos em que encontramos essa palavra nos mostram que seu significado é adorar com suas próprias canções. E isso, amigos, é incrível. Algumas vezes, chego em casa e não sei o que orar. Eu tive um dia blé e nada do que eu falo para Deus parece de verdade, então, eu desenvolvi a técnica “Pablo, qual é a música?”, versão Espírito Santo. Eu pergunto a Ele o que cantar e em alguns minutos todo o meu coração está sendo derramado sobre sua presença através de uma letra que – de verdade – eu nem vou lembrar amanhã, mas que o engrandece hoje.

Foi por perder o medo de poder cantar QUALQUER  coisa para Deus (exatamente como o dia em cantei sobre Toddy,  vergonha-alheia-de-mim-mesma?), que eu consegui entender que a adoração pode ser profética.

Estava eu cantando no banho – outro dia no escritório – quando comecei a cantar coisas que pareciam sérias sobre mim mesma e aquele estalo “opa, é melhor prestar atenção nisso” aconteceu. Desde então, Deus tem me ensinando a ouvi-Lo. A palavra hebraica para profeta usada várias vezes no velho testamento – acho que a primeira usada, ACHO – é nabi, um dos seus significados é “vindo de uma fonte”, e é exatamente assim que nos sentimos quando o Senhor derrama sobre nós uma nova palavra, através da adoração profética. Sabemos que ela não é nossa, mas veio de uma fonte, da fonte que sempre jorrará água viva.

praise

2) Amizades Proféticas

Ter amigos é uma verdadeira benção. Uma coisa que eu aprendi ao longo da minha caminhada: você não precisa procurar sua palavra profética sozinho.

Meus amigos são, muitas vezes, fontes das palavras de Deus para minha vida. E lá vou eu contar outra história (lidem com isso porque eu não vivo sem exemplos, hehe). Durante uma quarta-feira horrorosa – há um mês e pouco -, eu mandei uma mensagem para uma amiga:

– Ma, vamos na igreja comigo orar depois do trabalho?

Contexto? Ma, a linda, não é da minha igreja e nunca havia ido até lá, mas disse sim. Chegando até a igreja, que não estava tendo culto, ficamos em um canto do fundo, no escuro e com uma música do meu celular. Mazitcha disse algo sobre não saber orar em público e segundos depois nós já estávamos orando. Assim que terminei, a Marcela fez a oração que eu precisava ouvir, uma oração sobre agradecimento. Nós estávamos vivendo um momento em que precisávamos que Deus fizesse algo em áreas diferentes das nossas vidas, mas lá estava ela sendo fonte do profético na minha vida. Eu parei de mimimi, comecei a agradecer, ambas começamos a chorar e nos sentimos lavadas pelo Espírito.

Se você pode contar com alguém para ser fonte de Deus na sua vida, e que pode, ocasionalmente, apelar jogando dança no Wii com você, não dê bobeira, esse é o seu/sua cara. Claudi-buchechiando: Davi sem Jônatas sou eu sem aqueles que o Eterno me deu o privilégio de conviver.

Mas isso é aquela famosa rua que vai e vem. Que Deus possa achar seu coração livre para abençoar seus amigos com uma oração, com uma mensagem, uma ida ao cinema ou uma foto retardada no snapchat. Que você se conecte com a alma das pessoas – soou piegas? mas é assim que a Bíblia descreve, em 1 Samuel 18, a amizade de Davi e Jônatas: “a alma de Jônatas se ligou com a alma de Davi; e Jônatas o amou, como à sua própria alma.”

Vamos orar?

Deus, nós entramos em tua presença com ações de graças, com músicas fresquinhas em nosso interior. Nos faça sensíveis para as palavras que o Senhor quer nos dar, expanda nossa definição do que é o profético. Espírito, nós queremos dançar e cantar para ti, como um rio que continua fluindo dia após dia. Espírito, nós queremos amar nossos amigos e sermos o que eles precisam que sejamos. A começar de você, que tem sido o melhor de nossos amigos. Nós oramos no nome daquele que amamos, Jesus, amém.



Esquema de sempre: você pode me encontrar através do email (nataniacarvalho@gmail.com), da página do blog no Facebook, ou no meu Instagram =D

Anúncios

Sumiço avisado (fuén)

Oi, padawans (hoje é Star Wars Day não consigo não ficar empolgada)!

Durante essas semanas têm sido complicado postar… mé :/

Tenho uma prova no meio do mês e já quero pedir para vocês desculparem as minhas futuras ausências… Nesse período de postagens mais espaçadas, vocês podem encher minha caixa de entrada (nataniacarvalho@gmail.com) ou conversar comigo pelo Instagram. O blog tem uma página no Facebook, caso o inbox tenha um espacinho maior no seu coração.

Um beijo e may the fourth be with you!

Yoda
Yoda e eu mandamos um ‘até breve’ (ou breve até)