Você precisa colocar sua calça leggin feia para fazer faxina

{Para ouvir enquanto lê}

Algumas coisas, por mais que a gente tente explicar para a pessoa mais íntima, simplesmente não são explicáveis. E eu começo assim, tentando te colocar no meio dessas “algumas coisas”, encarando George Harrison no meu quadro que quebrou o cantinho de forma também inexplicável. “Como eu posso escrever sobre as maiores mudanças da minha vida?”, eu me pergunto, ou pergunto para o George. Bem, vou começar com a verdade que eu aprendi com elas: Deus limpa.

george_000000

No entanto, esse fato está intrinsecamente ligado com outro, que estou prestes a dizer: ser limpo é uma decisão sua e ninguém pode começar a faxinar nada a não ser que você diga “ok, vou colocar a roupa da limpeza e nós vamos fazer isso”.

Eu sou uma pessoa bagunçada por natureza. Eu tenho quilos de papel (sério, se tivesse uma competição na cidade – ou no meu bairro, porque não vamos diminuir a doidura alheia – eu ganharia), tenho quilos de cadernos, quilos de roupa na minha cama que eu experimentei para sair e não gostei. Mas isso se resolve com uma boa tomada de vergonha na cara naquele dia da semana que você simplesmente diz: caramba, traz a água sanitária que eu vou jogar em tudo hoje (menos na roupa, amigos, porque nunca aprendi a fazer tai dai). Porém, quando se tratava da minha própria bagunça interior, raramente eu tirava um dia para pensar sobre o que fazer, e não, faxina nem cruzava minha mente.  Porque, afinal, a gente não pode tirar um dia para se resolver, mas pode tirar alguns para esfregar os rejuntes do banheiro.

Isso é uma receita para a confusão-mor, mas ninguém nunca realmente havia me falado o quão ruim pode se tornar quando nós não entendemos o quão nosso interior é importante.

– Como assim ninguém te falou? Ficar limpo não é basicamente a proposta do novo testamento?

Bem, é. Mas tem uma linha fininha entre ser limpo do pecado e simplesmente ser limpo das suas confusões e seus problemas que não são tecnicamente pecados, mas te impedem de ser feliz.

Mas hoje eu não estou aqui para falar dessas confusões, mas para tratar do primeiro principio da limpeza divina (e não é alvejante), eu o chamo gentilmente de: Você precisa colocar sua calça leggin feia para fazer faxina. Isto é: você precisa descobrir que precisa limpar, desejar limpar e parar de não me toques.

A gente vai recebendo um monte de sinais (odeio essa palavra, mais alguém? kkk) da vida de que alguma coisa tem que ser feita. Por exemplo? Se o seu problema é perto do miocárdio (não quero usar a palavra coração/emoções, porque isso aqui não é aqueles programas de rádio da meia noite né, minha gente), preste atenção se você não começa a afastar as pessoas, terminar amizades e qualquer coisa desse tipo. Se sim (eu sei é uma droga), talvez a raiz disso tudo pode estar em uma sujeira mal limpa em baixo do tapete. Mas nem só de miocárdio vive esse blog, os sinais se arrastam para todas as áreas da nossa vida e você precisa entender quando é hora de parar tudo e cuidar dos seus assuntos, porque, amigos, ninguém vai fazer isso por você.

Em abril do ano passado, um sinal gritante de que eu devia achar minhas leggins feias  quase lambia meu nariz de tão perto. E aí, no meio de tantas perguntas – e a clássica: “O que tem de errado comigo, Deus?!” – eu comecei a entender que realmente podia ter algo errado comigo.

– Você tem duas soluções – eu disse para mim mesmo – pirar ou tentar resolver isso.

Mas sou eu né, amigos, eu pirei tentando resolver isso. Até o momento que Deus começou a me lembrar de coisas de 13 anos atrás e minha reação foi a coisa mais chega-pra-lá que pode haver nessa terra:

– Cê tá de brincadeira que nós vamos descer essa rua né, Deus?

Era ali que estava o que eu precisava limpar.

Não, eu não estou falando para você agir que nem um louco regredindo na sua vida (eeww, não faça isso!), só estou te contando que minha bagunça tinha 13 anos e ca-ram-ba que preguiça de mim mesmo quando eu olhava pra lá.

Alguns meses depois (slow learner?) eu estava pronta e disse com todas as letras: eu. quero. ser. limpa.

Deus entrou com o rodo e eu entrei com o balde.

Tudo o que você precisa fazer hoje é ser muito, muito mais rápido do que eu (seja!) e perguntar para Deus o que é que tem feito você rejeitar sua felicidade? O que tem te deixado com medo de aceitar a proposta de Jesus para uma tarde (muitas) de faxina?

Quando eu demoro a responder um pedido de Deus que só irá me trazer bem, eu sempre me lembro de faraó e a história das dez pragas do Egito, quando Moisés pergunta a ele quando a praga da vez deve ser retirada e ele responde amanhã. SIM, ELE RESPONDE AMANHÃ.

O faraó mandou chamar Moisés e Arão e disse: “Orem ao Senhor para que ele tire estas rãs de mim e do meu povo; então deixarei o povo ir e oferecer sacrifícios ao Senhor”.

Moisés disse ao faraó: “Tua é a honra de dizer-me quando devo orar por ti, por teus conselheiros e por teu povo, para que tu e tuas casas fiquem livres das rãs e sobrem apenas as que estão no rio”.

“Amanhã”, disse o faraó.

Êxodo 8: 8-10

Se eu tivesse um monte de rá em cima de mim, mas olha não tinha amanhã nada era AGORA MESMO MOISÉS. Mas é bonito acusar os personagens bíblicos já mortinhos da Silva quando nós tomamos atitudes muito semelhantes a eles. Talvez você não tenha um sapo ao lado da sua cama, mas tem o mesmo problema há anos (eu sei é uma droga 2). Talvez a tristeza sem pé nem cabeça seja sua rã, sua desmotivação pelo futuro, seu problema de relacionamento, sua falta de fé de que você vai crescer profissionalmente. Talvez antigos acontecimentos tristes ainda te machuquem diariamente. Mas o evangelho é cheio de boas novas e eu estou aqui para te dar a certeza de que se você orar a Deus agora, vestir sua roupa da faxina e não desistir no meio do caminho (sem lanche no meio da limpeza), você vai poder chegar do outro lado e dizer para os outros: o meu Deus limpa e eu sei porque eu fui limpo.

Eu quero orar por você hoje:

Amado Pai, o Senhor é aquele que nos mostra o que ainda não parece com o Seu reino dentro de nós. Eu oro para que todos aqueles que estão buscando por essas respostas possam alcançá-las. Eu sei que o Senhor limpa, meu Deus, e que essa certeza atinja o coração daqueles que aceitaram e confessaram que, a partir de hoje, vão entrar em um processo de limpeza de seus corações e mentes. A Sua palavra fala que o Senhor termina o que começa em nossas vidas e nós cremos nisso. Que o Espírito, o único que convence, encha aqueles que ainda não foram capazes de deixarem que a mudança comece. Deus, nós agradecemos porque o Senhor não se preocupa somente em limpar nossos pecados, mas quer nos deixar livre de todas as coisas que nos mantém longe da nossa felicidade. Eu os abençoo para não perderem ninguém durante o processo, Jesus, eu os abençoo para serem abraçados pela Sua fidelidade todos os dias. Em seu nome oramos, amém.

[Faltam 20 dias para o Natal]

2 comentários em “Você precisa colocar sua calça leggin feia para fazer faxina

  1. Natania, assim você mata meu corassaumzinhu rs. Super me identifico com isso que você descreveu no post. Eu passei por uma situação parecida com a de rever coisas de 13 anos atrás, mais tempo talvez, para fazer a faxina. Deu certo, levou tempo porque eu também pirei e tentei resolver ao mesmo tempo! Slow learners. Haha. Parabéns pelo blog! 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s